Quartos compactos: Como otimizar o espaço disponível

Os imóveis estão cada vez menores, tanto pelo custo quanto pela praticidade, e com isso, os  desafios aumentam na hora de decorar e tornar o espaço funcional.

Por isso, hoje trago dicas de dormitórios infantis compactos para meninos e meninas conjugados ou separados para ajudar na hora de pensar no projeto do ambiente que os pequenos irão desfrutar tanto para dormir quanto para realizar suas tarefas escolares.

Para o melhor aproveitamento num ambiente pequeno, o desafio é a disposição dos móveis, nichos e bancadas de apoio, ou seja, é saber aproveitar o máximo espaço vertical, das paredes. O espaço do piso tem que estar o mais livre possível  para contribuir para uma boa circulação.

Se o projeto abrigar cama box, a opção por cama-baú é uma boa pedida para ajudar na organização dos pertences ou até mesmo bicamas baús são muito úteis para viabilizar a organização de mais de um filho ou hóspede, mas, se for planejado, a dica vale para gavetas  ou nichos com caixas encaixadas, abaixo do colchão para armazenamento também.

Imagens 1 e 2: Projeto da Arquiteta Cyntia Sabat – Quarto infanto-juvenil para Menina com bancada abaixo da janela para aproveitar iluminação natural e gavetas abaixo do colchão com bicama.

Outra opção, é a utilização de beliches (camas suspensas), camas retráteis ou até mesmo móveis multi-funcionais que concentram em si funções de cama, gavetas, cabideiros e bancadas embutidas para facilitar a organização e não deixar o ambiente com várias estações de ‘trabalho’ expostas. O mercado está abastecido com muitos modelos e cores para o melhor ‘custo x benefício’ do consumidor e quando não se encontra, as marcenarias ou lojas de planejados assumem a função.

Imagens 3, 4 e 5: Projetos retirados dos sites Minha Casa Decorada, Minha Casa Minha Cara e SCA Planejados ilustram mais opções de otimização de espaço.

As cores claras são peças coringa e são clássicas: tons pasteis são bem-vindos e promovem um toque de cor e aconchego ao quarto sem deixar o ambiente menor.  As cores vibrantes ficam para a decoração e detalhes como nichos, prateleiras ou algum item do enxoval.

O uso de tapete com listras horizontais são uma boa dica para ampliar o ambiente, além de aconchegar, colabora no inverno.

Os papeis de parede ou pinturas artísticas em listras são bem vinda, as em traço fino são as melhores para ampliar. Assim como os espelhos que sempre foram  tradicionais para ambientes pequenos, em portas de armários ou acima das camas, em pequenos ou grandes planos colaboram também para a iluminação.

Imagens 6 e 7: Projeto da Arquiteta Cyntia Sabat – Quarto infanto-juvenil para um casal com gavetas abaixo do colchão, bancada para ambos e no Quarto infanto-juvenil de menino temos o predomínio do branco com o enxoval e decoração em cores vibrantes.

Assim, fica fundamental realizar um projeto para um dormitório pequeno, já que requer cuidados para mobiliar tanto quanto para decorar, pois os objetos têm que ser mais delicados e menos robustos, e se tiver planejamento, a economia acontece.

Espero que tenham gostado!

Beijos,

Ná Pironato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s